HESC serviços para o território, Via Ca' Rossa 118/D, I-30173 Venezia-Mestre VE, Itália
T +39-041-0996482 — F +39-041-0996394 — E info@hesc.it

Índice desta página: 15 anos HESC consultor geoespacial para MicroImages TNTgis
15 anos HESC de presença Internet da HESC
Plano Director Municipal do Cubal (Província de Benguela, Angola)
CDE – Certificados de Desempenho Energético
TNTgis – Software avançado para análise geoespacial (com o novo produto TNTscript)
Plano Director Municipal do Dande (Província do Bengo, Angola)
Projectos recentes — Angola
Itália
Mediterrâneo Oriental


2001-2016: 15 anos HESC consultor geoespacial para MicroImages TNTgis

13 de Junho de 2016. Hoje são exactamente 15 anos desde que foi aposta a última assinatura no contrato que designou a HESC como «consultor geoespacial» da empresa MicroImages, Inc. nos Estados Unidos, produtora do pacote de software TNTgis. A HESC fornece assistência principalmente técnica aos clientes e à comunidade TNTgis, o «software de análise geoespacial para SIG, cartografia e teledetecção».

No início de um desdobrável produzido pela HESC há mais de dez anos — e que foi completamente revisto mesmo este ano — o TNTgis é caracterizado da maneira seguinte: «A análise geoespacial torna-se fácil com um SIG de nível alto a custos razoáveis». TNTgis é uma solução software completa, não requerendo a aquisição de módulos adicionais o software externo para desempenhar tarefas especializadas. Com o TNTgis faz-se tudo: conversões de formato (actualmente 140 filtro de importação e 73 filtros de exportação, além do acesso directo a vários formatos), visualização no ecrã, composições cartográficas complexas e de alta qualidade, atlas electrónicos, web publishing, modificação e análise vectorial topológico, CAD, TIN, raster, LiDAR, COGO, ortorectificação de imágens, DEM, 3D, estéreo, DB relacionais, scripting, desenvolvimento de aplicações standalone e ainda muito mais.

Nesses 15 anos, TNTgis mudou muito. Em 2001 falou-se dos «Produtos TNT» e a versão actual foi a «6.5», saída a Maio daquele ano, a 50ª desde a primeira versão em absoluto lançada em 1986. Pelo contrário, hoje utilizamos «TNTgis 2016», saído a Janeiro deste ano, sendo a 67ª release destes trinta anos de existência do TNT. Ao mudar do produto software e ao crescer das funcionalidades, sempre ao ritmo da evolução tecnológica, os custos de aquisição e de manutenção mantinham-se sempre extremamente competitivas e ainda em diminuição considerável. Em 2001, um sistema completo (TNTmips + P15 + TNTsdk) custava ainda 17.745.000 liras italianas (9.165 euros), enquanto hoje o mesmo sistema — mas obviamente com uma gama de funcionalidades muito mais ampla — pode ser adquirido com apenas 5.000 euro, quer dizer 45% menos.

O desdobrável, sendo até agora elaborado na sua versão actual apenas na língua italiana, é disponível também como ficheiro PDF no nosso sítio Internet no endereço http://www.hesc.it/docs/depl/depltntp-ITA-eu-s850.pdf (14,2 Mbytes).

 

2001-2016: 15 anos de presença Internet da HESC

6 de Junho de 2016. Ontem foram exactamente 15 anos que foi posto online o sítio Internet da HESC no endereço www.hesc.it.

Desde então, muitas coisas mudaram, e não só o logótipo e todas as definições gráficas. 2001 escrevíamos ainda «HeSc PTU&GIS» e «HeSc Arch», para sublinhar o facto de se tratar de duas entidades distintas, que todavia cooperavam organicamente e que se ocupavam respectivamente de planeamento territorial, urbanismo, sistemas de informação geográfica e, na outra parte, de arquitectura.

As mudanças mais significativas chegaram entre 2009 e 2010. A Janeiro de 2009, pôs-se, na sua componente PTU&GIS, a base para o processo de internacionalização do atelier, assinando o acordo de constituição do Consórcio Samayongo em Angola. Menos de dois anos depois, a Outubro de 2010 a constituição formal do atelier associado HESC serviços para o território, com o logótipo e as cores totalmente renovados.

Hoje, a HESC é uma realidade profissional visando quer ao bairro urbano onde encontra-se a sua sede, no que se refere às actividades como por exemplo as reestruturações de casas, quer à região, ao continente e a tudo o mundo, com trabalhos de desenho, planeamento e SIG a todos os níveis.

 

Plano Director Municipal do Cubal (Província de Benguela, Angola)

3 de Julho de 2015. Há já mais de dois meses foi entregue ao contratante, o Governo Provincial de Benguela, a versão final do PDM do Cubal, no qual trabalhou-se juntamente ao nosso parceiro angolano, a FraCaet & Filhos, Lda., desde o início de 2012. Depois de ter apresentado e entregue, no final de Janeiro de 2013, a proposta final do plano, no final de Outubro de 2014 foram recebidas as observações formais formuladas pelo contratante, permitindo-nos assim proceder rapidamente com a elaboração dos documentos definitivos para a processo de aprovação.

O Município do Cubal tem acerca de 325.000 habitantes, abrange aproximadamente uma superfície de 5.550 km² e a sua capital, a cidade do Cubal com acerca de 60.000 habitantes, está localizada cerca de 150 km a leste da capital provincial Benguela e a cerca de 690 km estradais da capital nacional Luanda.

O território municipal é atravessado por um dois eixos de desenvolvimento mais importantes de Angola: a directriz Benguela – Huambo – Kuito Luena – Luau ao longo das estradas nacionais 260 e 250 e do Caminho de Ferro de Benguela (CFB) ligando o porto intercontinental do Lobito no Oceano Atlântico com o interior do País e da África Austral (Província do Katanga na República Democrática do Congo e a Zâmbia).

Além desta posição estratégica no centro-sul de Angola, o território cubalense é uma terra com um potencial agrícola enorme. Na época colonial era uma das zonas mais importantes para a produção agrícola em termos quer de cultivação quer de criação de gado. Hoje, um dos temas mais centrais para o desenvolvimento territorial é mesmo a reabilitação da agricultura quer familiar quer mercantil, visando também à localização de centros de produção agro-alimentar e da logística associada.

Os materiais actualizados do plano podem ser consultados no nosso sítio www.samayongo.com.

 

CDE – Certificados de Desempenho Energético

Entre os seus múltiplos serviços, os profissionais da HESC são agora também acreditados no Governo Regional do Veneto como certificadores para elaborar e emitir Certificados de Desempenho Energético (CDE) válidos nos termos da lei.

Em 2007, a União Europeia adoptou o objectivo para 2020 de reduzir o consumo anual de energia de 20%. Constatando que os edifícios são responsáveis de 40% do consumo de energia total na UE, em 2012 o Parlamento Europeu aprovou uma Directiva (2012/31/UE), que obriga os proprietário de habitações a certificar (através dos CDE) a eficiência energética em caso de venda, arrendamento ou renovação.

A execução da directiva cabe, na Itália, às Regiões (as competências diferem de Estado para Estado) através da elaboração de protocolos técnicos e listas de profissionais acreditados para emitir estes certificados.

 

TNTgis – Software avançado para análise geoespacial

GIS/SIG (vectorial e raster) – Cartografia – Teledetecção – Tratamento de imagens

TNTmips Pro: 5000 € — TNTedit Pro: 3000 € — TNTview Pro: 500 € — TNTatlas: gratuito
TNTmips Basic: a partir de 200 € — TNTmips Free: gratuito
 
novo:

TNTscript (com TNTview Pro): 1500 €
preço de lançamento: 1000 €

TNTscript é um novo produto da família TNTgis, com o qual é possível executar scripts (macros) realizados em SML com o TNTmips Pro, TNTedit Pro ou mesmo com o TNTscript.

Os scripts podem ser executados na linha de comandos do sistema operativo, do interior de outras aplicações ou interactivamente com o TNTview Pro, sendo fornecido juntamente a cada licença do TNTscript.

Trata-se duma maneira barata (poupam-se 3500 €) de transferir toda a potencia geoanalítica do TNTgis para outros computadores sem comprar licenças adicionais do TNTmips Pro. É particularmente apto para distribuir cargas de trabalho computacional muito elevadas, também explorando recursos de «computação em nuvem» (cloud computing).

Para as licenças de rede (floating licence) é preciso calcular uma majoração de todos
os preços em 20% para os direitos de utilização do software de gestão das licenças.
Todos os preços indicados devem ser intendidos IVA incluída (em Itália actualmente a 22%).
 

Plano Director Municipal do Dande (Província do Bengo, Angola)

Quarta-feira, 11 de Março de 2015, na grande Sala de Reuniões do Município do Dande, na Sassa Povoação, apresentámos ao Governo Provincial do Bengo, à Administração Municipal do Dande, ao INOTU (Instituto Nacional do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Territorial), bem como a outras autoridades locais este novo plano territorial em que estávamos a trabalhar desde Janeiro de 2014 juntamente com o nosso parceiro angolano FraCaet & Filhos, Lda..

O Município do Dande tem acerca de 250.000 habitantes, abrange aproximadamente uma superfície de 7.500 km² e a sua capital, a cidade do Caxito, com acerca de 50.000 habitantes, está localizada cerca de 80 km a norte-leste da capital Luanda.

O território municipal está interessado por vários projectos de grande importância, como o novo porto comecial de Luanda, infra-estruturas rodoviárias e ferroviárias, instalações turísticas e novas zonas produtivas e residênciais para mais do que 200.000 pessoas. O Município do Dande tem também um território muito fértil, com uma agricultura existente e potencial muito dinâmica. É percorrido por dois rios importantes, o Bengo e o Dande, e nas áreas do interior dominam paisagens com elevado valor, até com vocações para um turismo natural.

 

Ligações para páginas de alguns dos nossos projectos recentes:

Angola

Tudo o material relativo aos trabalhos desempenhados em Angola é em português, enquanto algumas das páginas Internet foram traduzidas também para italiano, inglês e alemão. As ligações hipertextuais conduzem ao nosso sítio Internet www.samayongo.com, sendo o sítio do Consórcio (Consórcio Samayongo) que HESC fundou a Janeiro de 2009 em Luanda, Angola junto aos seus partners locais.

Cubal (Benguela): Plano Director Municipal (2012-2013)
Plano de Desenvolvimento Urbanístico da Sede Municipal (2009-2010)
Carta Técnica Municipal 1:5.000 (2009-2010)
Ganda (Benguela): Cartografia de base para o Plano Director Municipal (2013)

Itália

Tudo o material relativo aos trabalhos desempenhados na Itália é em italiano. As ligações hipertextuais conduzem a subpastas do nosso sítio Internet www.hesc.it.

Noventa Padovana PD: PAT – Plano de ordenamento do território (2005-2013)

Mediterrâneo Oriental

O «Atlas Mediterrâneo do Património Veneziano» é um conjunto de produtos a suporte à documentação e à valorização do património veneziano na área do Mediterrâneo Oriental: atlas em papel; mapas geográficos à escala 1:200.000; atlas electrónico distribuível em DVD. A primeira fase afectou a preparação do Atlas para as ilhas de Creta e Chipre. Tudo o material de documentação publicado até agora é em italiano e em grego. A versão inglesa é incompleta.

Atlas Mediterrâneo do Património Veneziano: Introdução, Manual do Utilizador e Índice dos Objectos e Fichas de Dados (2011-2013)

HESC serviços para o território — Via Ca’ Rossa 118/D — 30173 Venezia-Mestre VE — Itália
T +39-041-0996482 — F+39-041-0996394 — E info@hesc.it
Os sócios do atelier são registados na Ordem profissional dos Arquitectos, Planeadores Territoriais, Paisagistas e Conservadores da Província de Veneza,
Secção A (profissionais senior), Sectores «Arquitectura» e «Planeamento Territorial»
Sítio criado: 5 de Junho de 2001 — Última actualização: 13 de Junho de 2016 — Servidor Internet em Arezzo, Itália